10/09/15

Programa de História dos Média [FCSH/NOVA]

Pretende-se desenvolver nesta disciplina uma reflexão em torno da genealogia do campo dos média e da comunicação, das suas estruturas tecnológicas, económicas e simbólicas. Far-se-á igualmente a análise das condições de produção histórica, de construção social e mediática da realidade, seus contextos, práticas, regularidades discursivas e arquivos.

Na abordagem dos diferentes tempos históricos, procurar-se-á problematizar a emergência das estruturas histórico-comunicacionais de longa duração, iniciando essa abordagem justamente por uma teoria da história dos média. Serão depois considerados os diferentes campos - as sociedades de cultural oral, a emergência da escrita e o universo tipográfico; o aparecimento do livro e a imprensa; a sociedade pós-industrial e os media de massa; a emergência da Internet e a era digital.

Trata-se, portanto, de uma reflexão em torno da genealogia de estruturas comunicacionais numa perspectiva fundamentalmente histórico-cultural. No estudo dos diferentes tempos históricos procurar-se-á problematizar o sentido da emergência e os impactos sociais, económicos, políticos, desses diferentes universos comunicacionais e respectivos campos mediáticos.

INTRODUÇÃO

1. Introdução à disciplina: programa, bibliografia e modelo de avaliação
1.1 Questões sobre os Média, a História e a sociedade portuguesa contemporânea

Textos de apoio:
-- “Os Meios de Comunicação Social - Fabulação, Iliteracia & Serviços”, de Francisco Rui Cádima. Cadernos UFS, n. 5, pp. 7-18, Editora UFS, Universidade Federal de Sergipe, Sergipe, 1998.
--“A Comunicação Social em Portugal no Século XX - Fragmentos para a História de um Servidor de dois Amos”, de Francisco Rui Cádima, in Fernando Pernes, Panorama da Cultura Portuguesa no Século XX. Lisboa: Fundação de Serralves e Afrontamento, 2002, pp. 179-207. http://docs.paginas.sapo.pt/RVCC/cadima.htm
-- “Media, política e crise de sentido”, de F. Rui Cádima, Comunicação e Sociedade, vol. 18, 2010, pp. 107-116. http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/comsoc/article/viewFile/990/957

2. Introdução à Teoria da História: da História à crítica da comunicação
2.1 Metodologias, pesquisa crítica e empírica
2.2 Epistemologia da história dos média - McLuhan, Foucault e Kittler

Textos de apoio:
-- “The History of Communication Media”, Friedrich Kittler, 1996. www.ctheory.net/articles.aspx?id=45
-- “Introdução: da história à crítica da comunicação”. História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima. Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 9-13.
-- A Arqueologia do Saber, Michel Foucault. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1987.
-- Reflexões sobre a História, Jacques Le Goff, Edições 70, Lisboa, s/d

3. História, tempo e media
3.1 O jornalista, o historiador e os média
3.2 A história, o historiador e os massmedia

Textos de apoio:
-- “História, Tempo e Média”. Do livro História, Media, Poder, de F. Rui Cádima. Lisboa: Media XXI, 2014, pp. 15-35.
-- “O jornalista, o historiador e os media”, F. Rui Cádima, História e Crítica da Comunicação. Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 75-80
--, Temps et Récit, Paul Ricoeur, Paris: Éditions du Seuil, 1983.
--,“Passado/Presente”, Jacques Le Goff, Enciclopédia Einaudi, IN-CM, Lisboa, 1984, pp. 293-310. Util. Ed. História e Memória. Campinas: SP Editora da Unicamp, pp. 179-197 http://memorial.trt11.jus.br/wp-content/uploads/Hist%C3%B3ria-e-Mem%C3%B3ria.pdf
--, “O jornalista e o historiador: aproximações e diferenças”. António Reis (1993). Penélope, nº 12, pp. 135-142. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2685810

4. Para uma sociologia histórica das práticas culturais
4.1 O regresso do acontecimento
4.2 O acontecimento e o historiador do presente
4.3 Documento/monumento
4.4 A escrita da História

Textos de apoio:
-- “História, escrita de ficção”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 15-25.
-- “No grande jogo da História”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 25-33.
-- “Documento/monumento”, Jacques Le Goff, Enciclopédia Einaudi, IN-CM, Lisboa, 1984, pp. 95-106.
-- “O acontecimento e o historiador do presente”, Pierre Nora, A Nova História, Edições 70, Lisboa, 1983, pp. 45-56.
-- Para uma sociologia histórica das práticas culturais, Roger Chartier, A História Cultural. Entre Práticas e Representações, Lisboa: Difel, 1988. pp. 13-28

GENEALOGIA DA ESCRITA E DO LIVRO

5. O dispositivo histórico-cultural pós-alfabético
5.1 A cultura oral, a origem da escrita e a economia antiga
5.2 Escrita, Poder, Estado 
5.3 Livro: uma abordagem histórica

Textos de apoio:
-- Escrita, Poder, Estado. O contexto da emergência da cultura alfabética”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 35-46.
-- “Modelos e profecias da Aldeia Global: McLuhan”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 115-127.
-- “A origem da escrita e a economia antiga”, Jack Goody, A Lógica da Escrita e a Organização da Sociedade, Lisboa: Ed. 70., 1987, pp. 67-87.
-- “Livro: uma abordagem histórica”, José Afonso Furtado, O que é o livro, Lisboa: Difusão Cultural, 1995, pp. 29-51.
-- “Le livre comme symbole à la Renaissance”, Eugenio Garin, Le débat, nº 22, 1982, pp. 99-117.

EMERGÊNCIA DA TIPOGRAFIA E DA IMPRENSA

6. O novo espaço público e a ordem disciplinar do olhar
6.1 A origem da tipografia
6.2 Pré-História e primeira infância da Imprensa
6.3 Século XVIII: A Glória da Inglaterra

Textos de apoio:
-- “A origem da tipografia e da esfera pública burguesa”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 61-74.
-- “Pré-História e primeira infância”, Jean-Noël Jeanneney, Uma História da Comunicação Social, Lisboa, Terramar, 1996, pp. 15-30.
-- “Elogio e elegia do jornalismo”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp 80-89.
-- Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 1996.

A IMPRENSA E A ERA INDUSTRIAL

7. A emergência da imprensa moderna
7.1 A Revolução Francesa e a Imprensa
7.2 A Liberdade e a Imprensa
7.3 A Idade de Ouro
7.4 A Grande Guerra

Texto de Apoio:
Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 1996.

A IMPRENSA EM PORTUGAL

8. Dos primórdios à imprensa-empresa
8.1 A Imprensa romântica ou de opinião
8.2 A fase industrial da imprensa

Texto de apoio:
A História da imprensa periódica portuguesa, José Manuel Tengarrinha, Lisboa: Editorial Caminho, 1989.

9. A censura à Imprensa
9.1 Imprensa, poder censura

Textos de apoio:
-- “Imprensa, poder e censura. Elementos para a história das práticas censórias em Portugal”, F. Rui Cádima, Revista Media & Jornalismo, nº 22, 2013, pp. 101-129.  http://www.cimj.org/images/stories/docs_cimj/mj22_cdima_1.pdf
-- “A censura à imprensa” (1820-1910), pp. 11-33; (1910-1926), pp. 35-64; (1926-1968 - I) pp. 65-104; (1926-1968 - II) pp. 105-142, Graça Franco, A Censura à Imprensa (1820-1974), IN-CM, Lisboa, 1993.
-- Marcello Caetano: Poder e Imprensa, Ana Cabrera, Lisboa: Livros Horizonte, 2006.

OS MASS MEDIA

10. Genealogia da sociedade de consumo e emergência da publicidade
10.1. Contexto da emergência dos massmedia

Textos de apoio:
-- “O dispositivo comunicacional moderno e os soft media”, História e Crítica da Comunicação, de F. Rui Cádima, Lisboa: Século XXI, 1996, pp. 129-154.
-- “Genealogia da publicidade e das estratégias consumistas”, Estratégias e Discursos da Publicidade, de Francisco Rui Cádima, Lisboa, Vega, 1997, pp. 15-32.
-- “O cinema, o público, a televisão”, de Francisco Rui Cádima. Revista de Comunicação e Linguagens, nº. 23, pp. 165-179, CECL/FCSH 1996.

11. A emergência da Rádio
11.1 O período nazi
11.2 A Rádio na URSS
11.3 A Voz da América
11.4 A BBC

Texto de apoio:
La radio como arma politica, Julian Hale, Gustavo Gili, Barcelona, 1979.

12. A Rádio em Portugal
12.1 A Rádio ao tempo de Salazar e Caetano
12.2 Rádio: do marcelismo aos nossos dias

Texto de apoio:
-- A rádio em Portugal e o declínio do regime de Salazar e Caetano (1958-1974), Dina Cristo, 2005, Coimbra: MinervaCoimbra
-- A Rádio em Portugal, Rogério Santos, Lisboa: Edições Colibri, 2014.

13. A emergência da Televisão e o caso português
13.1 Salazar, Caetano, a censura e os media.
13.2 A Televisão e a Ditadura
13.3 O Telejornal e a Guerra Colonial

-- “A RTP nas Eleições de 1958 – História de uma perseguição”, F. Rui Cádima, História, No 30º aniversário do assassínio de Humberto Delgado. Ano XVII, nº 5, Fev. de 1995, pp. 16-23.
-- “Imagens e representações da ditadura portuguesa na televisão (1957-1974)”, de F. Rui Cádima. Logos, 32, Comunicação e Audiovisual. Ano 17, Nº01, 1º semestre 2010, pp. 56-69. http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article/view/631/667
-- “O Telejornal e a Guerra Colonial (1961-1974)”, de F. Rui Cádima. Anuário Lusófono, 209, pp.  97-114. http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/anuario/article/download/763/683
-- “Manuel Maria Múrias: um ‘intelectual orgânico’ na RTP ao tempo de Salazar”, de
Francisco Rui Cádima. Comunicação & Cultura, nº. 7, p. 81-103, Faculdade de Ciências Humanas, Universidade Católica, 2009. http://cc.bond.com.pt/wp-content/uploads/2010/07/07_04_Francisco_Rui_Cadima.pdf

14. Media e democracia em Portugal
14.1 Os media e a Revolução
14.2 A questão da TV da Igreja

-- “Os Media na Revolução (1974-1976)”, de F. Rui Cádima. In J. M. Brandão de Brito. Revolução e Democracia - O País em Revolução. ed. Lisboa: Editorial Notícias; Círculo de Leitores, 2001, p. 321-358.
-- “Media e democracia em Portugal”, de F. Rui Cádima. Verso e Reverso, XXIX(55):11-17, janeiro-abril 2010. http://revistas.unisinos.br/index.php/versoereverso/article/view/125/4
-- “A questão da Televisão da Igreja em Portugal”, de F. Rui Cádima, História, Media, Poder. Lisboa: Media XXI, 2013, pp. 131-221.

15. A Era digital
15.1 Para a história da Internet
15.2 Hacktivismos
15.3 A Net e o Quarto Poder

Textos de apoio:
-- “O campo dos media, a experiência democrática e a cultura participativa”, Francisco Rui Cádima. Media & Jornalismo , V. 9, n. 1, 2010, pp. 83-97. http://cimj.org/images/stories/docs_cimj/16artigo5.pdf
-- Internet, uma história, António Machuco Rosa, Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, 1998.
-- “O quarto poder”, Glenn Greenwald, Snowden sem esconderijo, Lisboa: Bertrand, 2014, pp. 225-296.
-- Hackstory.es - La historia nunca contada del underground hacker en la Península Ibérica, Mercè Molist, 2014. http://hackstory.es/ebook/Hackstory%20-%20Merce%20Molist%20Ferrer.pdf


Bibliografia geral complementar

Elizabeth Eisenstein, The Printing Press as an Agent of Change and the Structure of Communications Revolutions. New York: Cambridge University Press, 1979.

Francisco Rui Cádima, Salazar, Caetano e a Televisão Portuguesa, Presença, Lisboa, 1996.

Friedrich Kittler, Gramophone, Film, Typewriter. Stanford: Stanford University Press, 1999.

Harold Innis, Empire and Communications. Oxford: Clarendon Press, 1950. http://www.gutenberg.ca/ebooks/innis-empire/innis-empire-00-h.html

Jesus Timoteo Alvarez, Historia y modelos de la communication en el siglo xx, Ariel Comunicacion, 1986.

Jorge Pedro de Sousa (Coord.), A Gazeta ‘da Restauração’: primeiro periódico português – Uma análise do discurso. Covilhã: LabCom, 2011.

José Augusto dos Santos Alves, A Opinião Pública em Portugal (1780-1820), UAL, Lisboa, 2000.

José Manuel Tengarrinha, Nova História da Imprensa Portuguesa. Das origens a 1865. Lisboa: Temas e Debates, 2013.

Jurgen Habermas, Historia y critica de la opinión publica, Gustavo Gili, Barcelona, 1981.

Lucien Febvre e Henri-Jean Martin, L'apparition du livre. Paris: Les Éditions Albin Michel, 1971.

Marshall McLuhan, A Galáxia de Gutenberg, CEN, 1977.

Raymond Williams, Historia de la Comunicacion, Bosch, Barcelona, 1992.

Robert W. McChesnay, Communication Revolution, New York, The New Press. 2007

Siegfried Zielinski, Deep Time of the Media. An Anarchaeology of Hearing and Seeing Through Technical Means. Cambridge: MIT, 2006.

Susana Cavaco, Mercado Media em Portugal no período marcelista. Lisboa: Edições Colibri, 2012.
------------------------------------------------------
Docente: Francisco Rui Cádima [2015-2016]



Textos de apoio

-- Aula de 2 de Março - História, tempo e media

“Passado/Presente”, Jacques Le Goff, Enciclopédia Einaudi, IN-CM, Lisboa, 1984, pp. 293-310. Util. Ed. História e Memória. Campinas: SP Editora da Unicamp, pp. 179-197 http://memorial.trt11.jus.br/wp-content/uploads/Hist%C3%B3ria-e-Mem%C3%B3ria.pdf

“O jornalista e o historiador: aproximações e diferenças”. António Reis (1993). Penélope, nº 12, pp. 135-142. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2685810

-- Aula de 3 de Março - A História, o historiador e os mass-media

“O jornalismo como história imediata", Roberto Dornelles e Virgínia Fonseca, Estudos em Jornalismo e Mídia - Vol. 10 Nº 1 – Janeiro a Junho de 2013, pp.121-144. https://periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/viewFile/1984-6924.2013v10n1p121/24981

“Documento/Monumento”, Jacques Le Goff, Enciclopédia Einaudi, IN-CM, Lisboa, 1984. Util. ed. História e Memória, Campinas: SP Editora da Unicamp, pp. 462-476. http://memorial.trt11.jus.br/wp-content/uploads/Hist%C3%B3ria-e-Mem%C3%B3ria.pdf

-- Aula de 9 de Março - O acontecimento e o historiador do presente

“Para uma sociologia histórica das práticas culturais”, Roger Chartier, A História Cultural. Entre Práticas e Representações, Lisboa: Difel, 1988. pp. 13-28.

“O regresso do acontecimento”, Pierre Nora, Fazer História, Vol I, Lisboa: Bertrand, pp. 243-262.


-- Aula de 10 de Março - Escrita, Poder, Estado. O contexto da emergência da cultura alfabética e do livro

“A origem da escrita e a economia antiga”, Jack Goody, A Lógica da Escrita e a Organização da Sociedade, Lisboa: Ed. 70., 1987, pp. 67-87.

“Livro: uma abordagem histórica”, José Afonso Furtado, O que é o livro, Lisboa: Difusão Cultural, 1995, pp. 29-51.


-- Aula de 16 de Março - A emergência da tipografia em Portugal

Ana Isabel Buescu (1999). “Cultura impressa e cultura manuscrita em Portugal na Época Moderna”, Penélope, nº 21, pp. 1-32. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2655613

José Barbosa Machado (2004). «Os dois primeiros livros impressos em língua portuguesa», em Revista Portuguesa de Humanidades, vol. 8, Fascs. 1 e 2, pp. 241-249. http://alfarrabio.di.uminho.pt/vercial/zips/machad18.pdf


-- Aula de 17 de Março - Génese da imprensa na Europa e em Portugal

Jorge Pedro Sousa et altri (2006). A génese do jornalismo periódico em Portugal: as Relações de Manuel Severim de Faria e a Gazeta “da Restauração”. http://www.bocc.ubi.pt/pag/sousa-jorge-pedro-a-genese-do-jornalismo-periodico.pdf

Jean-Noël Jeanneney (2003), “Pré-História e primeira infância”, Uma História da Comunicação Social, Lisboa, Terramar, pp. 15-30.


-- Aula de 30 de Março - Europa: elogio, elegia e crítica da imprensa emergente

"Século XVIII: A Glória da Inglaterra", in Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 2003, pp. 31-47.

"A Revolução Francesa e a Imprensa", in Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 2003, pp. 49-64.


--Aula de 31 de Março - Do Times à imprensa industrial e às primeiras Agências de notícias

"A Liberdade espalha-se como uma mancha de óleo", in Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 2003, pp. 65-81.

"A Idade de Ouro", in Uma História da Comunicação Social, Jean-Noël Jeanneney, Lisboa, Terramar, 2003, pp. 83-102.


-- Aula de 6 de Abril - Portugal: da imprensa de opinião à era industrial

"A Imprensa romântica ou de opinião", José Manuel Tengarrinha, A História da Imprensa Periódica Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 1989, pp. 123-150.

"A fase industrial da imprensa", José Manuel Tengarrinha, A História da Imprensa Periódica Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 1989, pp. 213-230.


-- Aula de 7 de Abril - Portugal: Imprensa e censura

“A censura à imprensa” (1910-1926), Graça Franco, A Censura à Imprensa (1820-1974), IN-CM, Lisboa, 1993, pp. 35-64.

“A censura à imprensa” (1926-1931), Graça Franco, A Censura à Imprensa (1820-1974), IN-CM, Lisboa, 1993, pp. 65-100.



-- Aula de 13 de Abril - Portugal: Imprensa e censura no salazarismo e marcelismo

"A política de informação de Salazar" (1933-1968), Graça Franco, A Censura à Imprensa (1820-1974), IN-CM, Lisboa, 1993, pp. 100-142.

"A censura à imprensa” (1968-1974) Graça Franco, A Censura à Imprensa (1820-1974), IN-CM, Lisboa, 1993, pp. 143-184.


-- Aula da 14 de Abril - Para uma genealogia da publicidade e do audiovisual no Século XX

“Genealogia da publicidade e das estratégias consumistas”, Estratégias e Discursos da Publicidade, de Francisco Rui Cádima, Lisboa, Vega, 1997, pp. 15-32. http://www.fcsh.unl.pt/cadeiras/httv/artigos/Genealogiadapublicidadeedasestrat%C3%A9giasconsumistas.pdf

“O cinema, o público e a televisão”, de Francisco Rui Cádima. Revista de Comunicação e Linguagens, nº. 23, pp. 165-179, CECL/FCSH 1996.
http://www.fcsh.unl.pt/cadeiras/httv/artigos/o%20cinema,%20o%20publico,%20a%20televisao.pdf


-- Aula de 21 de Abril - Para uma genealogia da história da Rádio

"El modelo nazi", La radio como arma politica, Julian Hale, Barcelona: Gustavo Gili, 1979, pp. 23-39.

"El llamamiento comunista", La radio como arma politica, Julian Hale, Barcelona: Gustavo Gili, 1979, pp. 39-56.


-- Aula de 27 de Abril - Para uma genealogia da história da Rádio (cont.)

"Voces de América", La radio como arma politica, Julian Hale, Barcelona: Gustavo Gili, 1979, pp. 56-74.

"A BBC", in La Radio como arma politica, Julian Hale, Gustavo Gili, Barcelona, 1979, pp. 75-93.


-- Aula de 28 de Abril - A Rádio ao tempo de Salazar e Caetano

"A Rádio ao tempo de Salazar e Caetano - censura, propaganda e resistência", Dina Cristo, revista Observatório, nº 4, Nov. 2001, pp. 9-32
http://www.obercom.pt/content/37.np3

"Rádio - do marcelismo aos nossos dias (1968-1990), Fernando Serejo, revista Observatório, nº 4, Nov. 2001, pp. 65-87 (até "Audiências de Rádio")
http://www.obercom.pt/content/37.np3


-- Aula de 4 de Maio - A Televisão ao tempo de Salazar e Caetano

“A RTP nas Eleições de 1958 – História de uma perseguição”, F. Rui Cádima, História, No 30º aniversário do assassínio de Humberto Delgado. Ano XVII, nº 5, Fev. de 1995, pp. 16-23.

“O Telejornal e a Guerra Colonial (1961-1974)”, de F. Rui Cádima. Anuário Lusófono, 209, pp. 97-114. http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/anuario/article/download/763/683


-- Aula de 5 de Maio - A Televisão ao tempo de Salazar e Caetano (conclusão). O caso da ditadura militar brasileira e do golpe de 1964.

F. Rui Cádima, "Manuel Maria Múrias: um «intelectual orgânico» na RTP ao tempo de Salazar". Comunicação & Cultura. Lisboa. ISSN 1646-4877. 7 (Primavera-Verão 2009) 67-84. http://repositorio.ucp.pt/bitstream/10400.14/10446/1/07_04_Francisco_Rui_Cadima.pdf

F. Rui Cádima, "Imagens e representações da ditadura portuguesa na televisão (1957-1974). Logos, 32, Comunicação e Audiovisual. Ano 17, Nº01, 1º semestre 2010, pp. 56-69. http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/logos/article/view/631/667

Florentina das Neves Souza, "Sem Imagem, Sem Voz: O Telejornalismo Nos Tempos da Ditadura Militar". XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba, PR – 4 a 7 de setembro de 2009. http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/resumos/R4-2666-1.pdf


-- Aula de 18 de Maio / Frequência


-- Aula de 19 de Maio - Media, ditadura e democracia em Portugal

Francisco Rui Cádima (2002), “A Comunicação Social em Portugal no Século XX - Fragmentos para a História de um Servidor de dois Amos”, in Fernando Pernes, Panorama da Cultura Portuguesa no Século XX. Lisboa: Fundação de Serralves e Afrontamento, 2002, pp. 179-207. http://goo.gl/U8GzJw

Carla Baptista e Fernando Correia (2006) “Anos 60: um período de viragem no jornalismo português”, in Media & Jornalismo, nº9, pp. 23-41. http://www.cimj.org/images/stories/docs_cimj/n9-02-Correia-Baptista.pdf

Mário Mesquita (1993), “Os meios de comunicação social”, in Portugal. 20 anos de Democracia. Lisboa: Círculo de Leitores, pp. 360-394.


-- Aulas de 25 de Maio - Media, revolução e integração europeia de Portugal

F. Rui Cádima (2001), “Os Media na Revolução (1974-1976)”, In J. M. Brandão de Brito. Revolução e Democracia - O País em Revolução. ed. Lisboa: Editorial Notícias e Círculo de Leitores, 2001, p. 321-358.

F. Rui Cádima (1995) “As telenovelas em Portugal - história e teoria” in O Fenómeno Televisivo, Lisboa, Círculo dos Leitores, pp. 33-57.

F. Rui Cádima (2013), “A questão da Televisão da Igreja em Portugal”, História, Media, Poder. Lisboa: Media XXI, 2013, pp. 131-221.

José Manuel Paquete de Oliveira (1992), “A integração europeia e os meios de comunicação social”. Análise Social, VOL XXVIII, 118-119, pp. 995-1024. http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/1237312829T1hNG0au4Yu10TU6.pdf

F. Rui Cádima (2010) “Media e democracia em Portugal”. Verso e Reverso, XXIX(55):11-17, janeiro-abril 2010. http://revistas.unisinos.br/index.php/versoereverso/article/view/125/4

F. Rui Cádima (2010) “O campo dos media, a experiência democrática e a cultura participativa”. Media & Jornalismo, V. 9, n. 1, 2010, pp. 83-97. http://cimj.org/images/stories/docs_cimj/16artigo5.pdf

F. Rui Cádima (2010) “Media, política e crise de sentido”, Comunicação e Sociedade, vol. 18, 2010, pp. 107-116. http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/comsoc/article/viewFile/990/957

F. Rui Cádima (2010) "Global televisions, a single history". JANUS.NET e-journal of International Relations, Nº 1, Autumn 2010. janus.ual.pt/janus.net/en/arquivo_en/en_vol1_n1/en_vol1_n1_art7.html

--

Frequência: 18 de Maio

Entrega dos trabalhos finais impressos: até 27 de Maio (secretariado do DCC, 6º piso, a/c Dr. Manuel Sabala)

Registo e publicação dos resultados finais: até 9 de Junho de 2016